Amazon

sábado, 29 de março de 2008

Vivências




Tenho um coração vagabundo

Indeciso pela própria escolha.

Ele já sentiu o peso do amor,

Leveza da paixão,

E o sabor do desejo.

E sozinha me encontro

Perdida na liberdade

Da minh'alma.

Acorrentada no medo

E vivendo uma ilusão

Passageira e fulgás.